quarta-feira, 16 de junho de 2010

BOMBOU NO TWITER EM NOVA IORQUE: “CALA A BOCA GALVÃO!”.

Dando uma olhada nas manchetes dos jornais estrangeiros me deparei com um artigo que me chamou atenção no New York Times. O texto dizia que os novaiorquinos ficaram curiosos após notarem uma misteriosa frase que “bombava” no twiter: “cala a boca Galvão!”. Eles se perguntaram “o que ou quem é Galvão?”. Alguns, após consultarem o Youtube, sugeriram que fosse um pássaro em extinção (a tradução é do Numinosum):
“O pássaro galvão rara ave nativa do Brasil, estava em perigo [...] Cerca de 300.000 aves foram abatidas em um ano durante o Carnaval. A mudança climática foi matando mais. Mas havia uma esperança: um cientista tinha um projeto para resgatar os pássaros. Incrivelmente, alguém poderia ajudar, bastando colocar um post no Twitter”.
Essa é ou não uma resposta hilária? Ora, qualquer brasileiro sabe que o Galvão (e não falcão) da frase é o nosso “amado” Galvão Bueno, comentarista da Globo. O vídeo era apenas uma brincadeira para manter o “cala a boca Galvão” no Topo do Twiter. Além do vídeo, um cartaz trazendo os símbolos oficiais do governo também foi feito. Dei boas gargalhadas com essa notícia.