terça-feira, 10 de janeiro de 2012

IRÃ X EUA, NOVOS CONFLITOS

A revista Archaeology edição 65, Jan/Fev 2012, traz uma matéria sobre a disputa judicial envolvendo dezenas de milhares de tabuinhas de barro descobertas em Persépolis, Irã, na década de 30 e levadas para Chicago, nos Estados Unidos. Os fragmentos foram datados para o século V a.C. Segue trecho da matéria:

Temendo a perda do arquivo, a universidade [de Chicago] passou a digitalizar, em ritmo acelerado, milhares de imagens das tabuinhas, que registram as contas do dia-a-dia do império durante o reinado de Dario, o Grande (521-486 a.C.) e incluem registros de pessoas que viajaram em nome do rei, listas de rações dos trabalhadores, e anotações a respeito das oferendas feitas aos deuses.

No ano passado  um importante documento persa, o cilindro de Ciro, foi objeto de disputa entre o British Museum e o governo iraniano.  O museu de Londres emprestou o artefato ao Irã, que  adiou por diversas vezes sua devolução. Só no início do ano passado o cilindro de 2,5 mil anos foi reincorporado à coleção do museu britânico

Jones F. Mendonça