terça-feira, 21 de junho de 2011

JIHAD: EXPANSÃO E DECLÍNIO DO ISLAMISMO

KEPEL, Gilles. Jihad: expansão e declínio do islamismo. Rio de Janeiro: Bibliex, 2003, 572 páginas.

Em 2006 tive a grata oportunidade de trabalhar num antigo forte em Niterói, RJ, chamado Forte Gragoatá.  É uma belíssima construção debruçada sobre o mar. Na época, estimulado por um programa de incentivo à leitura, fui à biblioteca e acabei me deparando com o livro “Jihad: expansão e declínio do Islamismo”, do professor Gilles Kepel, do Instituto de Estudos Políticos de Paris. Escrito em 2003, o livro apresenta uma retrospectiva da história do fundamentalismo islâmico, desde o surgimento dos primeiros grupos radicais islâmicos, após a queda o Império Otomano em 1923, até o devastador ataque às torres gêmeas em Nova York, no ano 2000.

Kepel é fluente em árabe e teve a oportunidade de percorrer o mundo islâmico reunindo documentos, realizando entrevistas e coletando material inacessível à maioria dos acadêmicos. A riqueza de informações contidas no livro é espantosa. Como o Numinosum também funciona como um grande arquivo pessoal, fiz um breve resumo das origens dos grupos fundamentalistas islâmicos baseado nos primeiros capítulos da obra de Kepel. A história começa com a queda do Império Turco Otomano. Leia aqui