terça-feira, 20 de julho de 2010

MULHER É PRESA EM JERUSALÉM POR ORAR NO MURO DAS LAMENTAÇÕES

Na semana passada Anat Hoffman, líder de um grupo de mulheres de oração, foi presa após tentar ler a Torá no Muro das Lamentações. Segundo o Haaretz sua iniciativa representa uma violação de uma decisão Supremo Tribunal.

E depois dizem que os palestinos é que são intolerantes e extremistas.

Clique aqui e leia a matéria completa.

Imagem: Anat Hoffman sendo presa com um rola da Torá.