sábado, 12 de abril de 2014

HALLELUJAH


ALELUIA

Agora eu soube que havia um acorde secreto
Que David tocava, e que agradava o Senhor.
Mas você não se importa realmente com música, não é?

Funciona assim, o quarto, o quinto.
A menor queda, a maior elevação.
O rei confuso compondo Aleluia.

Aleluia, Aleluia.
Aleluia, Aleluia.

Sua fé era forte, mas você precisava de provas.
Você a viu se banhando no telhado.
A beleza dela e o luar arruinaram você.

Ela te amarrou numa cadeira da cozinha,
Ela destruiu seu trono, e cortou seu cabelo.
E dos seus lábios ela tirou a Aleluia.

Aleluia, Aleluia.
Aleluia, Aleluia.

Você diz que eu tomei o nome em vão.
Eu nem sequer sei o nome.
Mas se o fiz, bem, realmente, o que é isso para você?

Há uma chama de luz em cada palavra.
Não importa qual você ouviu.
O sagrado ou o sofrido Aleluia.

Aleluia, Aleluia.
Aleluia, Aleluia.

Eu fiz o meu melhor, não era muito.
Eu não podia sentir, então eu tentei tocar.
Eu disse a verdade, eu não vim enganar você.

E mesmo que tudo deu errado,
Eu ficarei diante do Senhor da Canção,
Com nada na minha língua senão Aleluia.

Aleluia, Aleluia.
Aleluia, Aleluia.

Aleluia, Aleluia.
Aleluia, Aleluia ...



Jones F. Mendonça