quarta-feira, 11 de julho de 2012

VOCÊ ENTENDE?

A Palestina foi aceita pela UNESCO como Estado membro há alguns meses. Israel protestou. A secretária geral da UNESCO, Irina Bakova, inaugurou recentemente os cursos de astrofísica, astronomia e ciências espaciais na Universidade Islâmica de Gaza. Israel protestou. O motivo: a universidade teria sido usada pelos engenheiros do Hamas para fabricar artefatos explosivos e foguetes.  

Como sempre: para Israel, tudo. Para a Palestina, nada. 


Jones F. Mendonça