sexta-feira, 20 de julho de 2012

UM LAMENTO SOBRE DAMASCO


Charge: Carlos Latuffn
Damasco está um caos. Não há combustível sequer para os tanques. Os “rebeldes”, armados por forças externas, avançam. Assad está encurralado. De um lado do cabo de força estão EUA, Israel e Europa. Do outro China, Rússia e o governo de Damasco. No meio está o povo sírio, herdeiro de uma cultura milenar. Triste!

Nos países de “primeiro mundo” fala-se em ajuda humanitária, em solidariedade ao povo sírio. Na boca batom, nas mãos um punhal! Quando o ditador cair sabemos de onde as hienas virão e o que elas querem. O caos deixa o povo perplexo, temeroso por um futuro sombrio. Mas para as hienas a desordem é uma ótima oportunidade. Muitos corpos ao chão, muito sangue, muito a saquear. Sim, é triste!


Jones F. Mendonça