quarta-feira, 6 de julho de 2011

RABINOS RACISTAS DEVEM PERMANECER IMPUNES, AFIRMAM 1/3 DOS PARTICIPANTES DE UMA ENQUETE DO J POST

O jornal israelense The Jerusalem Post fez uma enquete com seus leitores lançando a seguinte pergunta: “Israel deveria investigar rabinos suspeitos de incitar a violência ou o racismo?”.  O resultado parcial (até a manhã de 06/07/11), com 2.223 votos, é o seguinte:

1. Sim, eles devem ser investigados, assim como qualquer outro cidadão. 
64,24%
2. Não, declarações de rabinos são ensinamentos religiosos e caem numa categoria diferente de discurso. 
15,70%
3. Sim, mas pelo Estado que paga seu salário, não pela polícia. 6,07%
4. Não, investigar o incitamento é um terreno escorregadio que corrói a liberdade de expressão. 10,71%
5. Eu não sei. 
3,28%

O resultado mostra que pelo menos 1/3 dos entrevistados não acham que a incitação à violência ou ao racismo feitos por rabinos é um caso de polícia. Em minha opinião este é um resultado muito preocupante.