sábado, 2 de julho de 2011

INSERÇÕES NO ROLO DE ISAÍAS

Entre 1947 1956 foram descobertos uma série de manuscritos em cavernas na região de Qumran, às margens do Mar Morto. Um dos documentos que mais chamaram a atenção dos estudiosos foi o manuscrito de Isaías, datado para o século I a.C. Ele é cerca de 1000 anos mais antigo que os manuscritos disponíveis até então, conhecidos como textos massoréticos (séc. IX e X d.C.). Mas há um detalhe importante: foram achados dois manuscritos de Isaías (1QIsa e 1QIsb) na caverna 01 de Qumran (são, ao todo, 4 cavernas). Logo surgiu a pergunta: será que há diferenças significativas entre os dois manuscritos? Outra questão: será que os manuscritos de Qumran conferem com os textos massoréticos?

Eugene Ulrich, professor de escrituras hebraicas e teologia no departamento de teologia na Universidade de Notre Dame,  escreveu para a BAR, edição julho/agosto tratando sobre o tema. Leia aqui já traduzido pelo Google. Ah, não se esqueça de ler os comentários dos leitores. 

Jones F. Mendonça