quarta-feira, 14 de março de 2012

CHEGA AO FIM PROCESSO ENVOLVENDO O "TÚMULO DO IRMÃO DE JESUS"

Oded Golam, acusado de falsificar um túmulo com a inscrição "Tiago, irmão de Jesus", foi finalmente absolvido pelo juiz Ahron Farkash, num tribunal de Jerusalém (Haaretz - 14/03/2012). No entendimento do juiz os especialistas contratados pelo procurador do Estado não foram capazes de provar que o artefato é uma falsificação. 

É importante frisar que a decisão judicial diz respeito apenas a autenticidade do documento (ainda assim, questionável). Se o "Tiago" e o "Jesus" citados na inscrição são o "Jesus" e o "Tiago" dos Evangelhos é outra história. 


Jones F. Mendonça