terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

TEMPO DE PÁSCOA, TEMPO DE LUCRO

"Jonas e a baleia" numa caverna
sepulcral em Jerusalém - Haaretz
Simcha Jacobovici, diretor de "O Êxodo decodificado" e "O túmulo secreto de Jesus" está de volta. Agora ele diz ter encontrado o túmulo de alguns dos primeiros discípulos de Jesus que viviam em Jerusalém por volta do ano 70 d.C. O túmulo, diz Jacobovici, está perto dos restos mortais da suposta família de Jesus. 

Eis algumas "evidências" de que se trata de um túmulo cristão primitivo:
  • Há uma figura representando o profeta Jonas (sendo engolido?) por um grande peixe, supostamente um antigo símbolo cristão;
  • Há uma inscrição da palavra "Deus" em grego ao lado de um Tetragrama (YHWH), seguidos pela palavra "surgir" ou "ressuscitado" em hebraico,
Documentários polêmicos sobre Jesus fazem sucesso, sobretudo na época da Páscoa. Jacobovici certamente vai ganhar um bom dinheiro com o trabalho. 

Leia a notícia no Haaretz e no PaleoBabble

Para uma análise crítica, visite o Blog Asor (aqui e aqui)



Jones F. Mendonça