segunda-feira, 26 de setembro de 2011

CORDEIRINHOS DE ISRAEL

No domingo à noite o Fantástico mostrou palestinos apedrejando soldados israelenses numa manifestação ao não reconhecimento da Palestina como Estado independente por parte de Israel. Estranho a Globo não ter mostrado colonos judeus cortando oliveiras de palestinos (a ONU faz denúncias a respeito dessa prática há anos). Não que eu ache que israelenses sejam mais violentos que os palestinos. Apenas não compreendo por que palestinos são sempre retratados como imbecis intolerantes e cidadãos israelenses como cordeirinhos mansos. Também é estranho a Globo não mostrar reportagens como a do Al Jazeera (24-09-11), denunciando a chegada de um grupo de extremistas judeus a Cisjordânia chamado Liga de Defesa Judaica. Até os jornais israelenses denunciaram o caso, mas em jornais ocidentais, nada! Segue trecho da matéria (tradução do Numinosum):
Duas semanas atrás um anúncio apareceu em um site francês convocando "militantes com experiência militar" a participarem de uma viagem de solidariedade a Israel entre Setembro de 19 e 25. De acordo com o site "O objetivo desta expedição é auxiliar nossos irmãos que sofrem agressão dos ocupantes palestinos, e para aumentar a segurança das cidades da Judéia e Samaria”. As datas da viagem coincidem com a proposta de um Estado palestino nas Nações Unidas.

A partir de ontem, em resposta a este apelo, havia 55 cidadãos franceses, tanto homens como mulheres, com experiência militar, estacionados no interior dos assentamentos ilegais israelenses na Cisjordânia. Organizado em cinco grupos distintos de 11, sua missão é "defender as colônias contra qualquer ataque de palestinos", e "oferecer ajuda" em áreas onde eles sentem que há falta de pessoal do Exército israelense ou as forças policiais.
É um grupo bem simpático, não acha? 

Foto: Al Jazeera
Jones F.  Mendonça