domingo, 21 de fevereiro de 2010

INFORME DENUNCIA CAMPANHA MUNDIAL PARA NEGAR LEGITIMIDADE DE ISRAEL

JERUSALÉM — Israel enfrenta uma campanha mundial para negar sua legitimidade e destinada a isolá-lo e ocultar seu caráter judeu e democrático, assinala um relatório do Instituto de Pesquisa Reut de Tel Aviv apresentado ao gabinete israelense de Benjamin Netanyahu.

O documento, que faz uma análise de questões econômicas e sociais, critica principalmente as "manifestações hostis aos representantes israelenses em universidades estrangeiras ou nos estádios, pedidos de boicote aos produtos fabricados em Israel ou, inclusive, tentativas destinadas a deter e levar diante da justiça no exterior os dirigentes do Estado hebreu".

Esse informe acusa fundamentalmente a uma rede mundial de indivíduos, associações e organizações não governamentais pró-palestinas, árabes ou muçulmanas, geralmente vinculadas à esqueda e "cujo denominador comum é apresentar Israel como um Estado pária e negar seu direito à existência".

Fonte: AFP/Notícias Cristãs