quinta-feira, 19 de novembro de 2009

NIETZSCHE TENTA O SUICÍDIO

Por Jones Mendonça

Nietzsche era um homem sensível. A paixão por Lou Salomé o consumia até as entranhas. Sua maior dor foi saber que após lhe negar à mão em casamento, Lou se decidiu por seu grande amigo Reé. Diante disso Nietzsche pensou: "Lou e Ré estão contra mim [...] Eles se amam e me enganam".

Numa carta escreveu:

"Adeus querida Lou, não a verei mais [...] realize melhor com outros aquilo que comigo não tem reparação".

Nietzsche, um homem tão castigado pela dor, parece ter recebido o golpe final. Três cálices de cloral (um sedativo) foram ingeridos em busca da morte. Mas não seria uma mulher a responsável pelo fim de sua vida. Antes de expirar precisava escrever sua obra-prima: "Assim falou Zaratustra". O livro foi escrito em trinta dias...

Fonte:
HALÉVY, Daniel. Nietzsche, uma biografia, 1989, pp. 221-224.

Imagem:
Capa do livro "Apresentando Nietzsche" (Ed. Relume Dumará).