terça-feira, 7 de novembro de 2017

PAIXÃO, POLÍTICA E REFORMA

A dobradinha "piedade" (95 teses, 1517) e "política" (protesto dos príncipes, 1529) funcionou muito bem nas terras de Lutero. Na Inglaterra de Henrique VIII os termos foram outros.

Henrique VIII amava Ana Bolena, mas já era casado. Roma se negava a aprovar tal tropeço. Ao mesmo tempo Henrique estava de olho nas terras da Igreja. Alguém dirá: isso não vai acabar bem.

Eis como resolveu essa pendenga: 1) Criou sua própria igreja, a igreja Anglicana; 2) Essa igreja, liderada por ele mesmo, aprovou seu casamento com Ana; 3) De quebra confiscou as terras da Igreja no território sob seu domínio.

Malandro esse Henrique...



Jones F. Mendonça