terça-feira, 3 de outubro de 2017

EM CASO DE PECADO, ABRACE O FRANGO

"Depois que o templo judaico foi destruído no ano 70 d.C., pelos romanos, o sacrifício de animais deixou de ser realizado pelos judeus". Esta afirmação, presente um muitos livros, exige uma pergunta: por quais judeus?

Um grupo de judeus ultra-ortodoxos pratica um antigo ritual que consiste em sacrificar frangos antes do Yom Kippur (será celebrado em 30 de setembro próximo). Eles acreditam que por meio do ritual é possível transferir os pecados cometidos pelo fiel ao frango. O ritual é conhecido como kapparot (plural de kapparah = expiação).

Num retiro de judeus liderados por uma sacerdotisa vegana de Connecticut o ritual sofreu uma pequena modificação. Ao invés de abaterem o frango, resolveram abraçá-lo carinhosamente. Que fofo, não?

Leia mais aqui.  



Jones F. Mendonça