terça-feira, 11 de março de 2014

SOBRE TRADIÇÃO E FÉ

Para os protestantes a Bíblia é inerrante. Os hagiógrafos, dirigidos pelo Espírito divino, seriam também inerrantes durante (e somente durante) o processo de redação.

Para os católicos o papa, líder da igreja, é inerrante. Dirigido pelo Espírito transmitido por sucessão apostólica esse líder seria inerrante quando (e somente quando) se pronuncia ex-catedra.

A coisa poderia ser resumida assim: para os protestantes o escritor bíblico é inerrante. Para os católicos o papa, como vigário de Deus, também é inerrante, uma vez que está revestido pelo mesmo Espírito que atuou sobre os hagiógrafos. A fé, nos dois casos, está no que diz a tradição.

Sola fide! Mas sola fide na tradição...



Jones F. Mendonça