quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

NO MÍNIMO DESELEGANTE

Alguém duvidou da sinceridade do luto dos norte-coreanos diante da morte do líder do país, Kim Jong-Il. Todos os canais de TV repetiram isso insistentemente. Mania de julgar a cultura alheia de acordo com nossos padrões. Arnaldo Carrilho, embaixador brasileiro que vive na capital do país há mais de um anos afirma: "a Coreia do Norte está encoberta em luto profundo". O lamento é sincero. 

Feio para os nossos jornalistas...


Jones F. Mendonça