quinta-feira, 16 de setembro de 2010

QUAL A ORIGEM DO KAPPAROT (WHAT IS THE ORIGIN OF KAPPAROT)?

Por Jones Mendonça

No ano passado transcrevi aqui no Numinosum uma matéria que falava sobre o estranho ritual judaico do kapparot. Como sou muito curioso investiguei sua origem. Ouçamos que tem a nos a dizer Abraham Bloch:
The custom kapparot dates back at least to ninth century. The geonim were not sure of its rationale  and assumed that the custom reflected a symbolic  transfer of fate from the individual to an animal. A twelfth-century scholar conjectured that the ritual of kapparot was designed as a reinactment of the biblical rite of azazel (Lv 16:8; Machzor Vitry 373)[1].
Tradução do Numinosum:
O costume do Kapparot remonta pelo menos ao século IX. Os geonim [título dos presidentes das escolas rabínicas da Babilônia] não tinham certeza sobre sua origem e assumiram que o costume refletia uma transferência simbólica do destino do indivíduo para um animal. Um estudioso do século XII conjecturou que o ritual do Kapparot foi concebido como um remanescente do rito bíblico de Azazel (Lv 16:08; Machzor Vitry 373).
Abraham Bloch diz ainda que o kapparot foi proibido entre os séculos 13 e 14 em Barcelona pelo Rabbi Salomon Adret [2].

Mohr Siebeck diz que esse ritual é mencionado pela primeira vez na Pérsia por Rav Sheshna (ca. 650 d.C.) [3].

Como se vê o ritual é antigo e não possui uma origem definida. Infelizmente minha curiosidade não foi saciada.

Muitas fotos do kapparot 2008 aqui.

Notas:
[1] BLOCH, Abraham P. The biblical and historical background of jewish customs and ceremonies. 1980, p.160.
[2] Responsum 392 apud id. ibid.
[3] SIEBECK Mohr. The Impact of Yom Kippur on Early on Chistianity. 2003, p. 65.

Gravura: Gravura da cerimônia Kapparot. Note-se que o homem tem um galo e da mulher segura uma galinha. A gravura foi retirada da seguinte obra: COUDERT, Allison P; SHOULSON, Jeffrey (edit.). Hebraica Veritas? Philadelphia: University Pennsylvania Press, 2004, p. 211.

Foto: Um menino ultra-ortodoxo judeu espera para receber suas galinhas num matadouro depois que realizou a cerimônia kaparot, em 06 de outubro de 2008 no bairro de Mea Shearim de Jerusalém. Segundo a crença judaica, o ritual transfere os pecados do ano que passou para o frango, que é, então, sacrificado em rituais sagrados. O Kaparot é realizado antes do Dia da Expiação (Yom Kippur), o dia mais sagrado do calendário judaico (crédito da imagem: zimbio.com).