sexta-feira, 15 de agosto de 2014

A RELIGIÃO DOS YAZIDIS

Templo yazidi, em Lalish
O povo Yazidi - principal vítima dos jihadistas do norte do Iraque - possui uma religião muita antiga e curiosa. Ao que parece mescla elementos do zoroastrismo (religião dualista persa), sufismo (misticismo islâmico), gnosticismo (vertente esotérica do cristianismo muito difundida no segundo século) e outras tradições religiosas, talvez até mesmo pré-zoroástricas.

Um relato yazidi conta que Deus criou sete seres angelicais. Um deles, Tawûsê Melek , foi orientado por Deus a não se curvar a outro seres. Quando Adão foi formado, todos os demais seres angelicais se curvaram a ele, exceto Tawûsê Melek. Tal postura foi elogiada pelo Criador, que lhe ofereceu o posto de representante de Deus na terra (na tradição islâmica Iblis, um ser angelical, foi condenado - e não elogiado - por uma postura semelhante).

O fato de cultuarem um anjo que desceu do céu (Tawûsê Melek ) contribuiu para que cristãos e muçulmanos os tomassem como adoradores de satã. Essa é uma das razões do ódio (obviamente injustificável) que os extremistas islâmicos cultivam pelo povo yadizi. No passado os yazidis também foram perseguidos pelos otomanos e por líderes curdos.  

Belas fotos, aqui, aqui e aqui.

Um site com muitas informações e fotos aquiaqui.



Jones F. Mendonça