quarta-feira, 19 de outubro de 2011

A INFLUÊNCIA IRANIANA SOBRE O JUDAÍSMO

O The Bible and Interpretation publicou um artigo escrito por Jason M Silverman (PhD, Trinity College Dublin, Escola de Teologia das Religiões e 2005-2010), tratando sobre questão da influência iraniana na formação da Bíblia hebraica, particularmente nos textos de gênero apocalíptico. Na opinião do autor, a questão da influência iraniana ainda não pode ser provada ou refutada. Apesar disso ele destaca que as pesquisas recentes
prometem oferecer uma nova visão sobre 200 anos de um período até então considerado sem importância e, portanto, sobre os períodos subseqüentes: helenístico, romano, grupos apocalípticos, o movimento de Jesus, e os primeiros movimento rabínicos. 
Para que o leitor se situe na questão discutida por Silverman, é preciso destacar que muitos estudiosos defendem que a angelologia, demonologia e doutrina da ressurreição presentes na literatura judaica (p. ex. Ezequiel e Daniel) possuem paralelos com o zoroastrismo, antiga religião persa (atual Irã). 

Para ler o artigo já traduzido pelo Google, clique aqui


Jones F. Mendonça