quarta-feira, 19 de julho de 2017

DOS HISTORIADORES E BAJULADORES

Ibn Khaldun, sábio muçulmano do século XIV, criticando historiadores que, para conquistar favores dos príncipes ou altos funcionários, escrevem histórias contaminadas de exageros e mentiras: 
Introduziram no meio destas narrações dados incertos e indicações falsas tiradas da própria imaginação ou embelezamentos falseados com o auxílio de tradições de fraca validade. [...] não se empenharam sequer em indagar a possibilidade e a natureza dos fatos, aprofundando as causas ou levando em consideração as circunstâncias que os rodeara” (ARAÚJO, Richard Max. Ibn Khaldun: a idéia de decadência dos estados, 2007, p. 60).
Parece descrever nossa imprensa...


Jones F. Mendonça