quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

O VATICANO E A EVANGELIZAÇÃO DOS JUDEUS

Boa parte da imprensa (UOL, Reuters, Exame, G1) noticiou que o Vaticano produziu um documento orientando os católicos “a não tentarem converter judeus”. Não é bem assim:
A Igreja, portanto, deve entender o evangelismo aos judeus, que acreditam no único Deus, de uma maneira diferente daquela direcionada àqueles que pertencem a outras religiões ou que tenham outras filosofias de vida.
Na verdade o documento não proíbe a evangelização, apenas orienta que isso "deve ser feito de uma maneira diferente". Sobre a salvação dos judeus "sem uma confissão explícita de Cristo", o documento diz que é "mistério insondável do Divino".

O texto guarda uma boa dose de ambiguidade. Leia-o na íntegra no site do Vaticano (em italiano):



Jones F. Mendonça