sábado, 11 de junho de 2016

DAS TRADUÇÕES SEM SENTIDO

Sl 74,14 na Almeida Revista e Atualizada: "Tu espedaçaste as cabeças do crocodilo (ro'shey liveiyatan = cabeças do leviatan) e o deste por alimento às alimárias do deserto".

Como assim "cabeças do crocodilo"? Seria um crocodilo cheio de cabeças? É que leviatan não é crocodilo, é isso aí:




Jones F. Mendonça