quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

E SE A BÍBLICA FOSSE LIDA COMO O ALCORÃO DOS RADICAIS ISLÂMICOS

Trecho do texto de Zack Hunt, publicado no Huff Post Religion:
Nós podemos ler a Bíblia exatamente como lemos o Alcorão e chegar a conclusões sobre o cristianismo muito semelhantes às que fazemos sobre o Islã, tido como religião do ódio, da violência e da opressão. Por exemplo, Deuteronômio 3, 3-7, Josué 6, 20-21 , e 1 Samuel 15, 3 sancionam o genocídio dos infiéis. 1 Reis 18,40 sugere que também devemos matar os líderes infiéis de outras religiões. Êxodo 21, 1-11 autoriza a posse de escravos.  Precisa de um pouco de dinheiro extra? Êxodo 21, 7 sugere vender sua filha como escrava sexual. E se nós realmente queremos provar a Deus que nos submetemos à Sua vontade, Juízes 11, 29-40 nos diz que sacrificar nossos filhos é uma forma justa de demonstrar nossa fidelidade.


Jones F. Mendonça