quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

CREATIVUM

Lápis ligeiro, cavalgando em celulose. 
Rédeas rotas, atadas aos sonhos.
Pegadas dissonantes, assimétricas, surreais.
Desbravando terras, sem parar jamais. 


Jones F. Mendonça