segunda-feira, 10 de novembro de 2014

RITUAL E CULTO EM UGARIT [E-BOOK]

Ritual e culto em Ugarit” pode ser baixado gratuitamente na SBL. Segue um breve resumo: 
Os textos rituais ugaríticos refletem a prática de um culto sacrificial na cidade de Ugarit (Síria) no final dos séculos XII e XI a.C. Além dos textos estritamente rituais, que foram compostos em prosa e de uma forma muito lacônica, também aparecem uma série de textos poéticos, revelando a ligação ideológica que existia entre a prática cultual e o conceito de realeza. Enquanto os textos rituais em prosa documentam um sistema regular de oferendas para as grandes divindades do panteão, diretamente relacionado com o ciclo lunar e menos diretamente com o ano solar, alguns dos textos poéticos revelam o desejo por parte dos reis de Ugarit de manter os laços com os seus antepassados ​​falecidos. Os reis viam o seu poder efetivo como um continuum dos antepassados ​​reais e a passagem deste poder como sendo efetuada pela prática ritual. Outras preocupações seculares também foram abordadas ritualmente, como proteger cavalos ou outros equídeos de picada de cobra, encontrar uma cura para uma criança doente, ou defender as pessoas do ataque de feiticeiros. A prática da adivinhação em Ugarit é documentada por outros textos, tanto na forma de "manuais", coleções de presságios, e na forma de relatos de consultas do mundo real com um sacerdote-adivinho, feita por alguém em busca de orientação.


Jones F. Mendonça