terça-feira, 8 de maio de 2012

PRIMEIRAS EVIDÊNCIAS DE CULTO EM JUDÁ SÃO DESENTERRADAS [?]

Altar de cerâmica encontrado em
Queiyafa (foto: Universidade he-
braica de Jerusalém). 
Conforme divulgado aqui, Yosef Garfinkel anunciou hoje a descoberta de objetos desenterrados em Khirbet Qeiyafa, uma cidade fortificada datada para o século X, situada no vale de Elah, a 30 km de Jerusalém.  Discordando de críticos como o arqueólogo israelense Israel Finkelstein, Garfinkel sustenta que a fortificação foi habitada por israelitas. A ausência de ossos de porco, de imagens humanas ou de animais e a presença de construções típicas da realeza  seriam evidências de que o sítio foi ocupado por indivíduos que já praticavam o monoteísmo, viviam sob o governo de um rei e seguiam preceitos da lei mosaica. 

Será?

Leia  relatório completo no Israel Ministry of Foreign Affairs

A opinião do arqueólogo Aren Maeir (faz escavações na cidade filisteia de Gath) aqui

Considerações sobre a ausência de ossos de porco em escavações na Palestina aqui

Matéria sobre Qeiyafa publicada no Haaretz em maio do ano passado aqui

Leia algumas críticas ao comunicado de imprensa aqui

Jones F. Mendonça