sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

OS ISRAELITAS, O EGITO E OS SHASU DE EDOM

O The Bible and Interpretation disponibilizou gratuitamente trecho do livro: “A History of Biblical Israel: The Fate of the Tribes and Kingdoms from Merenptah to Bar Kochba (Equinox Publishing, 2016)”. No capítulo I (De Merneptah a Ramsés VI), ele diz o seguinte sobre a origem dos israelitas:
Os israelitas trazidos para o Egito como prisioneiros de Merenptah, em 1208 a.C. ou um pouco antes, entraram em contato com shasu de Edom [ver: Papiro Anastasi VI, ANET 258] e assim conheceram o deus YHWH. Despojados após o fracasso do golpe de Beya (ou Bay, vizir egípcio de origem asiática), os sobreviventes se estabeleceram no norte da Faixa Central, onde o controle egípcio estava em declínio (1150-1130 a.C.). Lá, eles articularam a lembrança de sua salvação como registrada em Êxodo 18,1: YHWH tinha tirado Israel do Egito.
Por Ernst Axel Knauf e Philippe Guillaume, ambos professores de Antigo Testamento na Universidade de Berna.

Disponível aqui.



Jones F. Mendonça