quarta-feira, 28 de outubro de 2009

KADAFI DENUNCIA “DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS” NUCLEAR APLICADOS A ISRAEL E IRÃ

O líder da Líbia, coronel Muammar Kadafi, acusou neste domingo a comunidade internacional de aplicar “dois pesos e duas medidas” em matéria nuclear, pois permite a Israel um arsenal atômico, mas tenta deter o programa nuclear do Irã.


Em uma entrevista à televisão britânica “Sky News”, Kadafi, cujo país renunciou a um programa de armamento de destruição em massa de maneira voluntária em 2003, feito que possibilitou sua reintegração na comunidade internacional, foi perguntado se aconselharia ao presidente iraniano,
Mahmoud Ahmadinejad, seguir os mesmos passos.


“Até agora, o Irã não disse que está fabricando uma arma nuclear. O Irã diz que está enriquecendo urânio”, respondeu o líder norte-africano.
“Se o Irã estivesse fabricando armas nucleares, então todos, incluídos nós, estaríamos contra. Mas o Irã não disse isso”.


O dirigente líbio criticou o “dois pesos e duas medidas” que as potências ocidentais fazem nesse terreno.


“Se os israelenses têm armas nucleares e capacidade nuclear, então o mesmo têm direito a ter os egípcios, os sírios, os sauditas... Inclusive os palestinos deveriam, porque seus colegas, ou seus oponentes, têm capacidade nuclear. Por que não?”
“Se não queremos esta situação, teremos que desarmar Israel de suas armas e capacidade nucleares”, acrescentou o chefe de Estado líbio.


Fonte: EFE/Notícias Cristãs